Nem só de grandes produtos se faz uma grande loja online. Estas são as 5 ferramentas indispensáveis para crescer de forma sustentada e aumentar a taxa de conversão.

  • Para crescer, as lojas online precisam de processos e ferramentas que simplifiquem a gestão do negócio e que automatizem muitos dos processos manuais;
  • Com tanta oferta no mercado é necessário escolher as ferramentas adequadas a cada fase de desenvolvimento;
  • Para além do Pricebench, que permite comparar preços com outras lojas online, reunimos outras 6 ferramentas essenciais para aumentar a taxa de conversão.

Do design à gestão de stocks, do marketing à análise da concorrência – a diversidade de ferramentas para otimização de e-commerce tem vindo a aumentar.

Muitas destas ferramentas podem ajudar a automatizar e simplificar tarefas, a reduzir o erro humano e extrair conclusões que antes eram difíceis de detetar. No entanto, para evitar perder o foco, é necessário filtrar as mais importantes para cada fase de desenvolvimento da loja online.

Para isso, reunimos uma lista de ferramentas essenciais para gestores de e-commerce que procuram soluções para escalar a sua loja online, mecanizar processos, otimizar para o crescimento, aumentar a taxa de conversão e ganhar tempo.

1. Email marketing: Mailchimp

  • Facilidade de utilização: Muito fácil
  • Facilidade de atuação com base nos inputs da ferramenta: Muito fácil
  • Impacto na taxa de conversão: Elevado

Segundo estudos recentes, cada euro investido em email marketing tem um retorno estimado de 38 € – o dobro de outros canais digitais [2]. O email marketing é uma forma rentável de interagir com os clientes e gerar vendas com custo de aquisição relativamente baixo.

Existem no mercado várias soluções pensadas para quem não tem conhecimento técnico (ou tempo para investir) em design ou programação. Entre a oferta disponível, o Mailchimp destaca-se como uma das opções mais versáteis – é possível desenhar, executar, analisar e medir facilmente campanhas de email marketing.

É possível utilizar o Mailchimp para:

  • Criar newsletters a partir de templates pré-definidos, acelerar o processo de desenho e eliminar a necessidade de programar
  • Acompanhar os contactos e leads automaticamente
  • Criar campanhas integradas com social media
  • Medir os resultados dos envios e receber sugestões sobre como melhorar o desempenho das campanhas seguintes

2. Publicidade online: Google Ads

  • Facilidade de utilização: Média
  • Facilidade de atuação com base nos inputs da ferramenta: Média
  • Impacto na taxa de conversão: Elevado

O Google Ads é a ferramenta de criação de anúncios da Google que o coloca no topo da lista de resultados deste motor de busca. Funciona com publicidade paga-por-clique (PPC), o que significa que só paga pelos clicks obtidos, até um valor limite previamente estabelecido.

O que torna o Google Ads diferenciador face à publicidade tradicional, é que é uma ferramenta para chegar a pessoas que estão ativamente à procura de uma solução para um problema específico.

Como os anúncios são apresentados em função do que cada pessoa pesquisa no Google, quando o anúncio é exibido há uma maior probabilidade de ajudar as pessoas o que procuram.

Com o Google Ads é possível:

  • Criar campanhas direcionadas a um público-alvo específico (segmentado por região geográfica ou idade, por exemplo)
  • Acompanhar e gerir o orçamento da campanha ao longo do tempo
  • Identificar os anúncios com melhores resultados e que geraram mais vendas

3. Análise de tráfego: Google Analytics

  • Facilidade de utilização: Muito fácil
  • Facilidade de atuação com base nos inputs da ferramenta: Média
  • Impacto na taxa de conversão: Elevado

Não se pode gerir o que não se mede. E em e-commerce, não se pode medir sem Google Analytics.

Para crescer, é preciso saber o que funciona. O Google Analytics pode ajudar a otimizar uma loja online ao responder a perguntas como: em que páginas é que os utilizadores passam mais tempo? Em que links clicam?

Agregando todos estes dados é possível extrair métricas fundamentais para uma estratégia de marketing digital como o nº de visitantes, nº de visualizações, taxa de conversão, tempo médio de sessão e percentagem de abandono – e acompanhar a evolução de cada indicador ao longo do tempo.

A análise destes KPI permite identificar problemas e reagir para potenciar aquilo que os utilizadores mais valorizam, com base em estatísticas de utilização real.

Adicionalmente, também é possível saber em que anúncios as pessoas clicam, de onde está a vir o tráfego para a loja (das redes sociais, dos anúncios em Google Ads  ou de sites parceiros, por exemplo), que páginas estão a gerar mais interação e para onde vão as pessoas depois de visitarem o seu site.

O Google Analytics é fácil de configurar, oferece uma versão gratuita e permite:

  • Extrair as métricas de utilização mais importantes sobre a sua loja online e acompanhar a evolução de cada indicador ao longo do tempo
  • Extrair conclusões com base em dados para otimizar os conteúdos disponíveis no site, os anúncios apresentados e a presença nas redes sociais e em sites parceiros.

4. Velocidade: Pingdom

  • Facilidade de utilização: Muito fácil
  • Facilidade de atuação com base na ferramenta: Média
  • Impacto na taxa de conversão: Médio

A velocidade da página é um fator de classificação do Google há vários anos e a tendência é que a sua importância para o posicionamento no ranking seja cada vez maior [4]

A Google privilegia as páginas que carregam mais depressa por considerar que assim respondem melhor às necessidades dos utilizadores.

Para avaliar (e depois otimizar) este fator, a ferramenta de teste de velocidade Pingdom, fornece várias pistas de como melhorar o tempo de resposta da sua loja online. A partir destas informações, pode tomar a sua loja online mais leve de diferentes formas:

  • Otimizar as imagens para visualização web
  • Reduzir a quantidade de imagens e vídeos por página
  • Diminuir a quantidade de informação a carregar em simultâneo

5. Verificação de links internos: Broken Link Checker

  • Facilidade de utilização: Muito fácil
  • Facilidade de atuação com base na ferramenta: Muito fácil
  • Impacto na taxa de conversão: Médio

Numa loja online, os links podem deixar de funcionar por várias razões: ou porque a equipa de e-commerce fez alterações, ou porque o link a uma página externa deixou de funcionar ou porque simplesmente o URL mudou.

Seja qual for o motivo, os links que não funcionam penalizam a pontuação do Google. [5]. Para evitar que isso aconteça, o Broken Link Checker é uma ferramenta de utilização simples que:

  • Identifica os links inativos – que foram removidos ou que já não funcionam
  • Sugere ações a tomar para corrigir estes erros

6. Integração de Apps: Zapier

  • Facilidade de utilização: Médio
  • Facilidade de atuação com base na ferramenta: Muito fácil
  • Impacto na taxa de conversão: Médio

A Zapier integra milhares de apps para criar fluxos de informação automatizados. É versátil, flexível e fácil de usar, o que a torna a ferramenta ideal para aumentar a eficiência da sua equipa.

Por exemplo, se receber uma nova encomenda no Shopify e quiser adicionar esses dados a uma folha de cálculo com o nome do cliente, e-mail e valor, pode criar essa ligação com alguns cliques.

Só necessita de fazer essa ligação uma vez, a partir daí o programa é executado automaticamente, o que lhe poupa tempo em tarefas administrativas.

A Zappier ganha mais impacto quando ligada a outras ferramentas. Por exemplo, pode ser programada para enviar um email via Mailchimp a quem abandona o carrinho de check-out na sua loja online.

Esta ferramenta permite:

  • Definir uma relação “causa-efeito” entre diferentes ferramentas como: “se receber uma encomenda (Shopify) então enviar um email de confirmação (Maichimp)”
  • Automatizar tarefas administrativas

7. Análise da concorrência: Pricebench

  • Facilidade de utilização: Muito fácil
  • Facilidade de atuação com base na ferramenta: Muito fácil
  • Impacto na taxa de conversão: Elevado

Os consumidores portugueses são hoje mais sensíveis ao preço do que nunca – em média, 97% dos compradores online verifica o preço em várias lojas online antes de comprar [6].

O Pricebench recolhe, processa e analisa os preços da concorrência. Desenvolvido e otimizado desde 2014 a pensar no e-commerce português, o PriceBench permite:

  • Acompanhar preços e promoções em tempo real de concorrentes selecionados em 14 categorias, de informática a vinhos
  • Reduzir o tempo de reação e manter o preço sempre competitivo.
  • Identificar produtos que os concorrentes vendem e não estão presentes na sua loja

As ferramentas digitais são uma parte fundamental do crescimento de qualquer loja online, se forem adequadas à fase que cada organização vive. Podem ajudá-lo a compreender o público alvo e a aumentar a taxa de conversão.

Fontes

  1. https://shanebarker.com/blog/best-email-marketing-tools/
  2. https://www.litmus.com/resources/state-of-email-analytics/
  3. https://www.litmus.com/blog/the-roi-for-email-marketing-the-good-news-and-the-bad-news/
  4. https://developers.google.com/web/updates/2018/07/search-ads-speed
  5. https://blog.hubspot.com/marketing/ecommerce-tools
  6. https://grandeconsumo.com/97-dos-consumidores-portugueses-comparam-precos-antes-de-comprar/

Pin It on Pinterest